Pseudomugil gertrudae - 2100949
Pseudomugil gertrudae - 2100949
Pseudomugil gertrudae - 2100949
Pseudomugil gertrudae - 2100949

Pseudomugil gertrudae

Ecoarium Vivos
2100949
Em Stock
2,00 €
Peixe de Cardume de aquário de água doce tropical

PayPal
 

Ordem: Atheriniformes.

Família: Pseudomugilidae.

Sinónimos: Pseudomugil gertrudei.

Sinónimos comuns: Olho-azul de Pintas; em inglês: Spotted Blue-eye, Gertrude's Rainbow.

Origem: Norte e Sudoeste da Nova Guiné e Norte da Austrália.

Habitat natural: Podem ser encontrados em pequenos arroios, lagoas e pequenos riachos geralmente com vegetação densa.

Descrição: O corpo é moderadamente comprimido e alargado e tem uma coloração que pode variar em cada indivíduo entre e o verde, o azul e o prateado translúcido, entre os olhos e as barbatanas peitorais têm uma zona de cor avermelhada. As escamas nos lados do corpo possuem pequenos rebordos negros em cada uma, formando várias filas horizontais de cor escura que percorrem a totalidade do corpo, sendo que uma delas, a central, é mais consistente e marcada”. É caracterizado por possuir duas barbatanas dorsais, a primeira mais pequena e em forma de gancho” quando erecta; a coloração das barbatanas dorsais, anais e caudais pode variar de indivíduo para indivíduo entre tons de branco, amarelo, azul, verde manchadas de pequenos pontos negros de forma oblonga e têm muitas vezes um fino rebordo branco; as barbatanas peitorais são transparentes com um bordo superior de cor amarela intensa (podendo contudo serem cor-de-laranja ou mesmo de um laranja avermelhado), as barbatanas ventrais são semi-transparentes e tem um tom esbranquiçado ou amarelado. Os olhos são de um azul intenso, de onde deriva a sua denominação em inglês.

Comprimento máximo: 4 cm.

Dimorfismo sexual: Os machos têm as barbatanas dorsais, anal e peitorais mais alongadas e mais pontilhadas do que as fêmeas. A fêmea pode ter um tom geral alaranjado que se torna mais intenso junto à barbatana caudal. Ambos os sexos têm as barbatanas salpicadas de pequenos pontos negros, estes porém podem ser em maior número nos machos.

Esperança de vida: Cerca de 3 anos; havendo no entanto quem tenha uma experiência com esta espécie em que esta aparenta ter uma vida geralmente curta, apontando para a possibilidade de poder ser uma espécie anual, para mais informação ver em: http://www.aquarticles.com/articles/breeding/Kaznica_Gertrudes_Rainbow.html .

Temperatura: 23-30 °C.

pH: 5.2 - 6.7 pH.

Dureza da água: De macia a média, entre 3 a 12 ° dGH.

Dieta: Na natureza é essencialmente insectívoro alimentando-se de pequenos insectos, larvas e também crustáceos, no aquário pode ser alimentado com flocos e variados tipos de comida desde que estas sejam de um tamanho acessível às suas pequenas bocas.

Hora de actividade: São diurnos.

Aquário: Devido às suas reduzidas dimensões são adequados para pequenos aquários, a partir dos 20 litros (para que se possa manter um pequeno grupo). Este deve ser densamente plantado com um área parcialmente livre para que estes possam nadar; não deve ter uma corrente muito forte. A presença de Musgo de Java pode facilitar a reprodução.

Zonas do aquário: Todas as zonas.

Sociabilidade: São pequenos peixes, pacíficos e sociais que interagem particularmente entre a sua própria espécie dedicando-se a permanentes rituais de definição de hierárquica, de carácter pacifico, entre machos que se exibem entre si e perante as fêmeas. Perante outras espécies são extremamente pacíficos e tendem a ignorar a sua presença.

Variedades: As variações ocorrem entre as diversas populações selvagens e prendem-se essencialmente com as tonalidades de coloração.

Reprodução: Em estado selvagem a época de reprodução é entre Outubro de Dezembro. É um peixe de fácil reprodução, ovíparo e prefere desovar no fundo do aquário onde deve ser colocado um mop ou um pedaço de Musgo de Java. A desova tem início, geralmente, durante a manhã e pode durar o dia todo, podendo as fêmeas por cerca de 10 ovos por dia, estes são transparentes, medem cerca de um 1mm de diâmetro e demoram (dependendo do factor temperatura) entre 10 a 20 dias a eclodir.
Os ovos, no caso de existirem outras espécies no aquário, devem ser removidos para um aquário próprio onde irão eclodir, num aquário específico a reprodução tem lugar sem que os pais pareçam incomodar os alevins. Os alevins quando nascem são tão pequenos que não podem que têm que se alimentar de microorganismos durante cerca de uma semana, a partir do momento em que os alevins conseguem nadar podem ser alimentados por infusória ou náuplios de artémia; o crescimento destes é rápido e em cerca de 3 meses atingem o estado adulto.

Comportamento: São pequenos peixes muito belos e pacíficos, são curiosos e interagem muito entre si, os machos competem entre si a maior parte do tempo exibindo as suas barbatanas quando mantidos num pequeno grupo. Sem que sejam um peixe de cardume propriamente dito são certamente um peixe de grupo e que necessita da companhia da sua própria espécie para se sentir feliz.

Tipo de Peixe
Peixe de Cardume
Porte
Pequeno
Origem
Ásia
Sociabilização
Peixe de Cardume
2016-07-18
Sem comentários

Clientes que compraram este produto também compraram:

Produto adicionado aos favoritos.
Produto adicionado ao comparador.